dogsing.com

1º novembro – mão morta текст песни

подождите пожалуйста...

um traço, um berço
dois destinos que se cruzam na lonjura da distância
erva fálica pelo caminho
distúrbios, subúrbios
automóveis ferrugentos desenhando o horizonte
os paralelos asfixiam a alma
solidão, saudade
rumagens, romaria aos queridos defuntos
carcaças abandonadas ao passado
lágrimas, fábricas
tempo invernoso sublinhando a ausência
a música ouve*se triste
solidão!
saudade!
romagens!
romarias!
solidão!
saudade!
queridos!
defuntos!

- mao morta текст песни

случайный